10 de outubro de 2013

Taxa de juros do governo do PT massacra a população e coloca o Brasil com os juros mais altos do mundo

Sem políticas públicas eficientes para conter a inflação, o governo federal do PT tem apelado para a alternativa que mais prejudica o consumidor: o aumento da taxa de juros. Nessa semana, a taxa a Selic chegou a 9,5% ao ano, atingindo o índice mais elevado dos últimos 18 meses e confirmado a maior sequência de altas no mandato da presidente Dilma Rousseff.

A decisão do governo, além de não promover o controle inflacionário, ainda coloca o Brasil novamente na liderança dos países que possuem os maiores juros do mundo, conforme noticiou o jornal Estado de Minas. Com a alta dos juros, quem perde é a economia uma vez que o crescimento pode ficar comprometido no último trimestre do ao, principalmente considerando-se a proximidade do Natal.

 

Infografia: jornal Estado de Minas

Mais uma vez, o governo demonstra seu total despreparo na área econômica e a falta de planejamento para promover o desenvolvimento prometido nas campanhas e propagandas do PT. Os juros encarecem a produção, desacelera o consumo e quem paga essa conta é sempre o cidadão.

“O governo federal do PT mais uma vez está sem rumo: o Brasil volta para a liderança mundial de juros reais”, criticou o vice líder do Bloco Transparência e Resultado da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Deputado Rômulo Viegas (PSDB).

Este aumento do juros, de acordo com a reportagem do Estado de Minas, integra o quarto ciclo inflacionário do governo Dilma Rousseff. Com a decisão, o governo reforça ainda mais o cenário de incerteza e a falta de confiança da classe empresarial e do consumidor brasileiro na economia do país.

 

Leia mais:

Com alta de 19% já sentida nos supermercados, inflação não está sob controle como afirma o Governo do PT

Inflação foge da meta do Governo do PT e volta a assombrar consumidores