9 de julho de 2012

Programa da Polícia Militar ajuda jovens e crianças a dizer não as drogas

Representantes do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) foram homenageados nesta sexta-feira (06/07), no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O programa é uma iniciativa da Polícia Militar de Minas Gerais que visa prevenir o consumo de drogas e combater a violência entre os jovens. A atuação dos policiais militares é focada especialmente no ambiente escolar.

Das galerias do Plenário crianças das escolas da rede pública do Estado acompanharam a homenagem que contou com a apresentação de percussão e dança do Bloco Show, composto por jovens de Belo Horizonte e policiais militares.

O comandante-geral da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, Coronel Márcio Martins Sant´Ana, um dos homenageados, explicou que o Proerd preconiza a junção da polícia, família e escola auxiliando na formação da criança e do adolescente. “O programa eleva a autoestima do jovem e fornece ferramentas para que ele resista às drogas e à violência. Ele é fundamental porque atua preventivamente na construção da personalidade, mostrando que é possível viver em um ambiente sem o uso de drogas e violência”.

O Proerd foi inspirado em um projeto implantado nos Estados Unidos, o D.A.R.E (Drug Abuse Resistance Education), em 1983 e atualmente está presente em mais de 58 países. Em Minas o programa foi implantado há 14 anos e atende cerca de 4 mil escolas públicas e particulares anualmente. Presente em 543 municípios mineiros já atendeu mais de 2 milhões de pessoas, entre jovens e pais.

A deputada Liza Prado (PSB) diz que “a homenagem ao Proerd é em função da eficiência do programa, eu entendo que a Polícia Militar faz um trabalho brilhante. Os policiais ensinam as crianças a resistirem as pressões, elas ficam mais fortalecidas para dizer não as drogas”.