22 de março de 2013

Para preservar cultura, Governo de Minas investe nas bandas populares

Preservar as bandas civis com a entrega de instrumentos musicais e com cursos de capacitação e aperfeiçoamento artístico é meta do programa Banda de Minas. Entre 2003 e 2012, o Governo de Minas Gerais entregou 8.235 novos instrumentos de sopro, metal e percussão, beneficiando 657 corporações musicais de diferentes regiões do Estado. Os recursos destinados ao programa chegam a mais de R$ 6 milhões.

A edição 2013 do programa Banda de Minas entregou mais 443 instrumentos musicais para 81 bandas civis. A solenidade foi no no auditório Juscelino Kubitscheck da Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, no último dia 12/03/2013 e contou com a presença do governador Antonio Anastasia.

“Esse é um projeto muito bem-vindo e aplaudido por todos. Temos demonstrado a importância da cultura como um todo nas suas diversas afeições, acepções e demonstrações. Não estamos poupando esforços, recursos, empenho e denodo para que a cultura mineira cada vez se robusteça e possa, é claro, dar vazão à vocação de cada um, à voz que está dentro de cada qual e que pode através da música se manifestar, levando solidariedade, alegria e fraternidade a cada comunidade”, afirmou Anastasia.

O deputado Carlos Mosconi (PSDB), do Bloco Transparência e Resultado e membro da Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), presente na solenidade, relata que pode observar a alegria dos músicos ao receber instrumentos novos e de ótima qualidade. “Isto vai dar estímulo para que essas bandas continuem fazendo um de seus papéis que é alegrar nossas cidades”, comemorou Mosconi.