26 de junho de 2014

Mantidos sob sigilo pela Petrobras, gastos da refinaria Abreu Lima saem de US$ 2,5 bi para US$ 18,5 bi

Mais uma vez a Petrobras se encontra na mira do Tribunal de Contas da União (TCU). A estatal, controlada pelo governo federal do PT, manteve em sigilo um orçamento de contratação de serviços e equipamentos para uma de suas refinaria, a de Abreu Lima, em Pernambuco. Os custos não foram apresentados, mesmo tendo o TCU feito essa solicitação.

Segundo reportagem do jornal O Globo, a documentação contendo os gastos na refinaria só começou a ser entregue ao TCU anos depois de as obras terem sido iniciadas. De acordo com a reportagem, a Petrobras ocultou também os estudos de viabilidade econômica, técnica e ambiental do empreendimento. Resultado: os gastos já estão nove vezes maiores do que o previsto.

Para o líder do Bloco Transparência e Resultado, deputado Lafayette Andrada (PSDB), esse é mais um exemplo da falta de planejamento do Governo Federal. “Os custos da obra são exorbitantes. Em 2015, quando estiver operando, a refinaria Abreu e Lima terá capacidade para processar até 230 mil barris, que vão custar mais que o dobro da média internacional”, afirmou.

Deputado Lafayette Andrada (PSDB), líder do bloco Transparência e Resultado

Deputado Lafayette Andrada (PSDB), líder do bloco Transparência e Resultado

O orçamento inicial de Abreu Lima era de US$ 2,3 bilhões. Atualmente já passa dos US$ 18,5 bilhões, podendo chegar a US$ 20 bilhões em novembro, quando está prevista a inauguração da refinaria. “Não podemos admitir o que o Governo do PT está fazendo com a Petrobras. Precisamos preservar a maior estatal do Brasil”, defendeu Andrada. Os indícios de falhas e sobrepreço na execução das obras já estavam sendo auditados pelo TCU desde 2008, mas a empresa se negava a apresentar seus documentos.

Leia mais:

CPI da Petrobras: oportunidade do Brasil conhecer a verdade sobre os escândalos na estatal

Escândalos na Petrobras e prejuízo nas estatais: “O PT está desmanchando o Brasil”, diz deputado Lafayette Andrada

Absurdo: governo petista leva Petrobras a prejuízo bilionário