27 de março de 2013

Governo do PT ignora crise financeira da Petrobras e começa a investir pesado em campanha milionária da estatal

Má gestão parece estar sendo mesmo a palavra de ordem dentro da Petrobras. Não bastassem os constantes prejuízos registrados na estatal, ainda assim a presidente Graça Foster está investindo milhões de reais numa campanha publicitária para marcar os 60 anos de fundação da empresa.

Certamente a propaganda que o Governo Federal do PT vai fazer não mostrará o péssimo momento financeiro vivido pela Petrobras, muito menos evidenciará que a empresa vive a pior crise da sua história. Eles vão tentar distorcer a realidade e apresentar para a população o Brasil da ficção, que só existe nos relatos das lideranças petistas.

Seria bom se os brasileiros tivessem de fato o que comemorar. Como lembrou o senador Aécio Neves, em artigo publicado na Folha de S. Paulo, “é sempre oportuno recuperar a memorável jornada da criação da Petrobras”, pois representou “um dos movimentos populares mais marcantes da história brasileira”. Mas a realidade hoje é que a maior estatal nacional está submersa que está em um poço de graves problemas.

Além disso, pesa contra a Petrobras graves suspeitas decorrentes do escândalo da compra por mais de uma refinaria nos Estados Unidos que causou um rombo de mais de R$ 1 bilhão aos cofres da empresa. É, como se pode ver o PT está conseguindo quebrar aquele é que um dos maiores patrimônios do país. “O governo do PT conseguiu uma façanha inédita. Até o Tribunal de Contas já identificou irregularidades e está tomando as devidas providências providências”, lamentou o líder do Bloco Transparência e Resultado da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Lafayette de Andrada (PSDB).