6 de fevereiro de 2013

Governo de Minas amplia acesso ao programa de educação de tempo integral

Em 2012, R$ 40,4 milhões foram investidos pelo Governo de Minas no Programa de Educação de Tempo Integral (Proeti). O programa, que oferece atividades pedagógicas no contra turno, atendeu 120 mil estudantes, e a previsão é que este ano, mais 25 mil alunos sejam beneficiados.

Os alunos que participam do programa tem cinco horas aula adicionais de segunda à sexta-feira. O gerente do Proeti, Gustavo Nominato, em entrevista para o site Agência Minas, disse que uma das metas para 2013 é fazer ainda mais atividades fora das escolas. “Visitar espaços interativos, como museus, teatros, parques e clubes, que podem ser um grande aliado na formação educacional”.

Ainda dentro do programa, cerca de 300 educadores de 150 escolas da capital mineira e da região metropolitana foram capacitados para a prática do xadrez. A capacitação se deu por meio de um convênio firmado entre a Secretaria de Estado de Educação (SEE) e a Federação Mineira de Xadrez e “deverá, ao longo do ano, criar torneios destinados a alunos que se despontarem na categoria”, disse Gustavo.

Outra parceria bem sucedida em 2012 foi entre a secretaria e a Fundação Mapfre. Cerca de 30 mil professores e alunos do ensino fundamental de 183 escolas da rede estadual de ensino foram capacitados em temas ligados a educação no trânsito, alimentação saudável e educação ambiental. “Esta parceria continuará em 2013”, comemora o gerente do programa.