18 de outubro de 2011

Denúncias colocam em cheque mais um ministro do governo Dilma

As denúncias não param e, desta vez, o centro das atenções da Polícia Federal e do Ministério Público é o ministro do Esporte Orlando Silva. Ele engrossa uma lista nada animadora de representantes do governo federal que tiveram seus nomes envolvidos em escândalos de corrupção. Só ministros, com Silva, já são seis e isto em apenas dez meses da gestão Dilma Rousseff.

“Lamento que haja mais denúncias envolvendo o governo federal, sobretudo o ministério do Esporte, que tem a atenção internacional voltada para ele em função da Copa de 2014”, observou o deputado Rômulo Viegas (PSDB), do Bloco Transparência e Resultado da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

O deputado reforçou também a eficiência do trabalho investigativo da imprensa brasileira que, segundo ele, tem sido fundamental para desmontar esquemas de corrupção enraizados na engrenagem do governo federal.

A onda de irregularidades que assola o alto escalão federal começou a se tornar pública em junho, com a queda do ex-chefe da Casa Civil, Antônio Palocci. Logo em seguida foi a vez dos ministros Alfredo Nascimento, Wagner Rossi e Pedro Novais, todos acusados de improbidade administrativa. Além disso, o então ministro da defesa, Nelson Jobim, também foi afastado do cargo após fazer críticas ao governo, no início de agosto.

A acusação

Em entrevista à revista Veja, o policial militar João Dias Ferreira, preso em 2010 ao lado de outras quatro pessoas acusadas de desviar dinheiro de um programa criado pelo governo federal para incentivar crianças carentes a praticar atividades esportivas, afirmou que o ministro Orlando Silva chegou a receber, pessoalmente, dentro da garagem do Ministério do Esporte, remessas de dinheiro provenientes do esquema.

Para Viegas, os fatos devem ser apurados e o ministro Orlando Silva precisa dar explicações contundentes por ser tratar de denúncias graves. “A gente espera que isso seja esclarecido porque, lamentavelmente, nós passamos praticamente todo governo Dilma ouvindo denúncias envolvendo seus ministros”, afirmou o deputado.

Leia mais:

Denúncias da imprensa obrigam governo federal do PT a encarar as investigações de corrupção em seus ministérios

Novos escândalos revelam o jeito PT de governar o Brasil. Corrupção já atinge seis ministérios da gestão Dilma