29 de janeiro de 2015

Copasa fez alerta, ano passado, para população economizar água

Campanha educativa “Água, se não economizar vai faltar” convoca a população a mudar hábitos em casa para evitar racionamento

 

A Copasa sempre esteve atenta e alerta para incentivar o consumo racional de água, ao contrário do que tem informado o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel. Nos últimos 12 anos, além de trabalhar para melhorar a qualidade das águas dos rios mineiros, realizou importantes campanhas educativas para conscientizar a população sobre o uso correto da água e do esgoto.

Em junho do ano passado, já com possibilidade de redução de precipitações no período chuvoso de 2014/2015, a Copasa foi mais ofensiva em suas ações e, sem ser alarmista, lançou a campanha “Água, se não economizar vai faltar”. A companhia veiculou, nos principais meios de comunicação de Minas, filme de um minuto com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para a necessidade de se economizar água.

O filme mostra que, para evitar racionamento, é fundamental a participação da população com pequenas mudanças de atitudes em casa, como reduzir tempo de banho, fechar torneiras enquanto se escova os dentes e lavar carro apenas com balde. ASSISTA AQUI

Em 2010, a Copasa realizou a campanha Água da Gente, convocando toda a sociedade a refletir sobre os cuidados com os recursos naturais mais importantes do planeta. Em 2013, o tema da campanha “Água, quem ama cuida” teve como objetivo mostrar às pessoas que a mudança de hábitos em casa evita desperdícios.

A Copasa veiculou filmes, distribuiu folders e cartazes em todos os 631 municípios em que atua no Estado e ainda realizou palestras e oficinas em escolas e entrega de material informativo em pontos movimentados como shoppings centers, praças e estações de metrô.