11 de fevereiro de 2013

Centro Integrado de Combate à criminalidade começa a ser construído em Minas Gerais

Um centro de operações e inteligência vai aperfeiçoar o combate à violência em Belo Horizonte e Região Metropolitana reunindo num mesmo local órgãos estaduais, municipais e federais que vão compartilhar dados, imagens e informações. O lançamento das obras de construção do novo espaço, que recebeu o nome de Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), foi realizado na tarde desta quarta-feira (06/02/2013).

Durante a solenidade, o secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo de Carvalho Ferraz, destacou as principais contribuições que o Centro vai trazer.

“É uma grande satisfação dar o primeiro passo nesse projeto tão importante para Minas Gerais. Nessa edificação, vamos promover a coordenação do trabalho das instituições policiais e bombeiros e sua interlocução com órgãos da União e do Município”, afirma.

O centro vai filtrar e notificar as ocorrências. Um videowall instalado no espaço será capaz de vigiar 432 pontos da cidade. Minas Gerais conseguirá monitorar áreas estratégicas como aeroportos, o estádio Mineirão, hotéis oficiais, funfest, áreas de concentração de torcedores e turistas, dentre outros. Ao monitorar essas áreas, o governo conseguirá centralizar ações, identificando problemas e propondo resoluções imediatas. “Com o CICC, vamos potencializar o trabalho de atuação das polícias”, explica o secretário.

O CICC será no bairro Gameleira, próximo a grandes avenidas que permitem fácil acesso para pontos distintos da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). A construção do prédio foi orçada em R$ 48,5 milhões. Há expectativa é de que outros R$ 28,5 milhões sejam investidos em equipamentos de segurança e em softwares de última geração. O prazo de conclusão é de 14 meses, visando a realização da Copa do Mundo em Belo Horizonte.

Sala de Situação e de Gerenciamento de Crise e Grandes Eventos

Enquanto o CICC está sendo construído, o Governo de Minas irá utilizar a Sala de Situação e de Gerenciamento de Crise e Grandes Eventos que será inaugurada em março deste ano. A estrutura está sendo concluída no 9º andar do Prédio Minas, na Cidade Administrativa, e terá capacidade para mais de 120 pessoas, 40 atuarão apenas na inteligência.

O espaço, de aproximadamente mil metros quadrados, vai reunir representantes de todos os órgãos da Secretaria de Defesa Social. De acordo com o site Agência Minas, o custo da sala é de R$ 2 milhões e os equipamentos serão transferidos para o CICC assim que as obras forem concluídas.