17 de julho de 2012

Banco do Brasil estaria fazendo cobranças indevidas nas contas de clientes, segundo funcionários

Supostos prejuízos causados pelo Banco do Brasil a consumidores, em razão de lançamentos indevidos de débitos de pacotes de serviços, e a seus próprios funcionários, que estariam sendo vítimas de coação e assédio moral, foram tema de audiência pública realizada nesta terça-feira (17/07) pela Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

A audiência foi motivada por denúncia de ex-funcionário do Banco do Brasil que relatou que uma das gerências do banco, localizada na Zona da Mata, teria lançado, ao longo de 2011, inúmeros débitos relativos a pacotes de serviços nas contas bancárias dos clientes, sem o conhecimento dos mesmos. A inclusão dos pacotes teria sido feita de forma automática (com uso de um software específico) sem análise de perfil. A situação estaria acontecendo em várias regiões do Brasil.

“Nós recebemos sérias denúncias conta o Banco do Brasil. Denúncias essas, de ex-funcionários do Banco, dando conta de que consumidores, aos milhares, foram lesados pela instituição com débitos indevido de tarifas nas suas contas. Estamos apurando, estamos investigando. Entendemos que é um assunto de uma gravidade extrema que merece nossa atenção”, destacou o deputado Délio Malheiros (PV), que solicitou a audiência.

Ainda de acordo com o ex-funcionário do Banco do Brasil, os gerentes teriam sido coagidos por superiores a passar suas senhas para liberação dos pacotes de serviços. Aqueles que não liberaram foram perseguidos e os que obedeceram as ordens foram descomissionados e estão respondendo a processos administrativos.

O deputado Délio Malheiros criticou que o BB está punindo os funcionários de forma equivocada para encobrir um problema maior. “Que o Banco do Brasil não faça o que vem fazendo que é cometer injustiça contra servidores de terceiro escalão que foram envolvidos nesse processo e os verdadeiros responsáveis por essas contas estão impunes. Queremos que haja uma apuração completa e que aqueles que estejam envolvidos nas irregularidades sejam punidos”, disse.

Áudio deputado Délio Malheiros:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.