29 de junho de 2012

Ato público mobiliza jovens para o debate sobre a prevenção ao uso de drogas

Um ato de prevenção ao uso de drogas, em especial o crack reuniu no Pátio das Bandeiras da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) cerca de 5 mil alunos das redes estadual e municipal de ensino. O evento realizado na manhã desta sexta-feira (29/06) foi promovido pela Assembleia e ganhou o nome “Ato contra o crack e outras drogas”.

Presente no evento o presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro explicou que o ato é mais uma iniciativa para enfrentar o problema do crack que tem afetado muitas famílias mineiras e arruindo a vida de muitos jovens. “A Assembleia entrou nesta luta para valer e espera ter a participação de toda sociedade para vencer esta guerra contra o crack que é o grande drama social da juventude”.

De acordo com o presidente o crescente consumo da droga no Estado e no país tem preocupado os parlamentares mineiros que decidiram implantar a Comissão Especial de Enfrentamento ao Crack. A Comissão tem realizado audiências na capital e no interior ouvindo especialistas e sociedade para traçar um diagnóstico do problema e elaborar um documento com propostas de políticas públicas que visem minimizar o problema.

“Estamos promovendo atos públicos contínuos. A semana passada uma marcha contra o crack reuniu aproximadamente 15 mil pessoas. Foi algo marcante, algo que sensibilizou. Hoje temos mais este ato público. Com o apoio e engajamento da sociedade vamos ter a oportunidade de lutar e vencer esta guerra”, declarou Dinis.

O subsecretário de Políticas Sobre Drogas da Secretaria de Estado de Defesa Social, Cloves Benevides também participou do ato e elogiou a Assembleia por assumir esta pauta, “as primeiras manifestações são simbólicas, mas elas vão se converter em um processo legislativo sólido”.

Durante o Ato os jovens receberam uma cartilha informativa a respeito do crack e assistiram ao show do cantor Wilson Sideral.