23 de abril de 2012

Assembleia de Minas entra na luta contra o crack

A Comissão Especial para o Enfrentamento do Crack, da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), realizou na tarde desta segunda-feira 23/04, reunião com convidados para debater “O consumo de drogas como grande desafio da sociedade no século XXI”.

De acordo com o presidente da ALMG, Dinis Pinheiro “temos mais de um milhão de brasileiros dependentes do crack, uma droga devastadora para o dependente e para os familiares”.

A Comissão, criada para estudar os impactos do crack no prazo de 60 dias, segue cinco eixos: prevenção, acolhimento e tratamento do dependente químico, reinserção na sociedade evitando a recaída, repressão e a questão da legislação especifica. Os membros da Comissão vão promover debates regionais e ao final dos trabalhos um relatório com sugestões de políticas públicas de prevenção e combate à droga será apresentado ao Governo do Estado.

Dinis Pinheiro explicou que a ideia é promover inúmeros debates para buscar mais rapidamente soluções que possam minimizar este problema que é o maior problema da sociedade contemporânea. “Todos nós temos que enfrentar este problema com garra e com disposição, buscar tratamento para os usuários, acolhimento para os familiares e a reinserção desta pessoa para que ela possa se reestabelecer e continuar pavimentando o caminho da dignidade”, disse Dinis.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A Comissão se reúne novamente, nesta semana, na ALMG para discutir a promoção à saúde e a prevenção ao uso do crack.