27 de dezembro de 2012

Comissão de Administração Pública discutiu a prestação dos serviços públicos em Minas

Áudio:
deputado Délio Malheiros

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) teve em 2012 um papel extremamente relevante para Minas Gerais, especialmente ao tratar a regulamentação de inúmeras carreiras no Estado. Essa foi a avaliação feita pelo deputado Délio Malheiros ao fazer o balanço dos trabalhos realizados pelo legislativo mineiro.

“Foram discutidas carreiras como a do professor, do policial militar e de inúmeros servidores públicos mineiros. A comissão discutiu muito atentamente a prestação dos serviços públicos em Minas, sendo uma aliada do cidadão. Foram feitas inúmeras audiências públicas sempre com os olhos voltados para o interesse da coletividade”, afirmou Délio.

Dentre os projetos apreciados e aprovados pela Comissão de Administração Pública está o PL 3.500/12, de autoria do governado Antonio Anastasia, que institui gratificações na área de pesquisa e altera a remuneração de servidores de várias carreiras no Estado. Além disso, o projeto cria mais de 5 mil cargos de agente de segurança penitenciário, totalizando 18.656 agentes e 1,3 mil cargos de provimento efetivo na carreira de assistente Administrativo da Polícia Militar.

O PL 3.500/12 cria, também, a carreira de médico da Área de Defesa Social e institui regime de remuneração por subsídio para a carreira de professor de ensino médio e tecnológico da Fundação de Educação para o Trabalho de Minas Gerais (Utramig).